Receitáculo entrevista: Chef Daniel

por sanson em 21 de abril de 2008
postado em Entrevista, Receitáculo | comentar | FEED |

Pretendemos iniciar aqui uma série de entrevistas com usuários do site e profissionais da área. Já estamos preparando uma seção no Receitáculo destinada apenas a este fim, então fiquem ligados!

Segue a entrevista concedida pelo Chef Daniel.

Primeiramente: apesar de muita gente já te conhecer do Receitáculo apresente-se para nós.
Olá, meu nome é Daniel, tenho 26 anos, sou catarinense, moro em curitiba há 4 anos.

Você sempre gostou de culinária? Conte-nos como te despertou esse interesse.
Com 6 anos de idade entrei num grupo escoteiro e até os 20 vivia acampando e por consequencia tive que aprender a cozinhar, no mato mesmo, para poder aguentar a barra, meus pais trabalham fora desde sempre, eu ficava meio período em casa e tive inúmeras vezes que fazer almoço e jantar sozinho, com 19 anos fiz faculdade de turismo, onde quase tive uma overdose emocional tendo aula de a&b (alimentos e bebidas) e enfim entrei numa cozinha profissional, ano passado fiz o curso de chef de cuisine aqui em curitiba e no sugundo mês de curso já estava fazendo eventos com meus professores, onde fui considerado o melhor aluno da turma de 2007.

Sei que você é realmente um chef profissional. Comente como é a sua rotina e o ambiente de trabalho.
Descobri que a grande diferença entre cozinhar em casa e numa cozinha proissional é a qualidade do fogo, tá, sempre uso essa metáfora, mas é a pura verdade, tudo gira em torno do fogo, o calor tem que dominar o ambiente, quando falo em calor, falo também de calor humano, você tem que estar de bem com a vida , do contrário nunca fará um prato decente, cozinha tem muito a ver com paixão, sem ela nao rola nada. Eu tenho só 26 anos e comando uma equipe de 8 pessoas, todas mais velhas que eu, na verdade, todas elas tem a idade dos meus pais. Eu entro 2 horas antes do restaurante abrir e a primeira tarefa é fazer o jantar dos funcionários, isso já dita como será a noite, se todos ficarem satisfeitos, praticamente ganhamos o dia. A segunda tarefa importantíssima é montar a praça de trabalho, isto é, tudo que voce usará durante a noite, a sequencia e esperar o pedido chegar, trabalho com a la carte, então é sempre uma surpresa o pedido que vem do salão, isso é muito legal também, uma vez que o pedido chega começa a correria pra aprontar tudo, essa parte é uma loucura. No fim da noite limpar tudo, sempre, para equipe do dia seguinte fazer a parte dela. E é assim todo dia.

Qual a sua visão do mercado hoje? Tem espaço para todos, é um bom negócio financeiramente?
A gastronomia profissional é a verdadeira lei da selva; só os melhores sobrevivem, todos os dias abrem restaurantes, todos os dias cozinheiros se lançam no mercado, mas a cada dia estamos mais exigentes e por isso selecionamos os melhores lugares pra ir ou o que mais se adequam aos nossos bolsos, porém amamos ser bem atendidos e isso está em voga hoje em dia.

Algumas dicas para quem quer começar ou já está começando nesta área, quais cursos deve fazer, que postura deve ter, há alguma filosofia de vida? Enfim, dicas de um chef para um descascador de batatas.
Tenha paixão pelo que você faz! Se em algum momento você se perguntar se esquentar a barriga num fogão fazendo comida pra gente que você nunca viu na vida vale a pena? É porque algo está errrado, essa é uma profissão totalmente artesanal, apesar da tecnologia, você usa todos os sentidos o tempo todo, você precisa ser 100% humano, sentir prazer, correr atrás, ler todo tipo de literatura a respeito, desprender-se dos programas de tv matutinos, ir ao mercado, sentir o cheiro das frutas, das verduras, comprar um frango inteiro e limpá-lo na sua cozinha ouvindo um bom disco. Se você fizer isso e se sentir bem. Bem vindo ao barco!

Qual o prato que você mais gosta de comer?
Eu nasci numa cidadezinha de SC chamada Araquari, tem 20 mil hab. Menor que o bairro que eu moro aqui em curitiba, já tive a oportunidade de provar todo tipo de comida, porém não troco o peixinho frito da minha mãe por nada no mundo.

Qual filme e música você acha que é a cara de quem trabalha com comida? Seja chef, cozinheiro e etc…se quiser indicar algum livro também, fique à vontade.
Bella Martha, um filme alemão sobre uma chef alemã neurótica e um cozinheiro fanfarrão da itália, recentemente vi Estômago, um filme rodado aqui em curitiba que adorei. Quem puder leia tudo que os chefs Anthony Bourdain, Nobuyuki Matsuhisa, Mario Batali publicam, valem cada centavos investido, enquanto escrevo essas linhas, o sedex com último livro do Bourdain tá aqui no meu lado, prontinho pra eu abrir.

Sobre outros chefs, quais são os que você mais admira e tem como referência?
Respeito muito os medalões do século passado como Savarin, Bocuse, Pierre Troisgros, mas a gastronomia mundial não seria a mesma sem Anthony Bourdain, Nobuyuki Matsuhisa, Mario Batali, Jamie Oliver, Ming Tsai, Gordon Ramsay, Ferran Adriá e José André, Emmanuel Bassoleil, Alex Atala, Laurent Suaudeau.

O que você acha, ou está achando, do receitáculo?
Era o que faltava na era da comunicação virtual no Brasil. Mandem a Ana Maria fritar bolinhos e cadastrem-se no site que é bem melhor.

Compartilhe:

Digg it! Del.icio.us Google Bookmarks Facebook Technorati rec 6

7 Responses to “Receitáculo entrevista: Chef Daniel”

  1. Cintia (Monsterbilly) Disse:

    “Mandem a Ana Maria fritar bolinhos e cadastrem-se no site que é bem melhor.”
    HAHAHAHAHAHAHHAHAAH genial!!!

  2. maria Disse:

    parabéns, Dani! adorei a tua entrevista! não te escapas de vir cá cozinhar um jantar quando estiveres em Portugal!
    beijinhos
    maria

  3. Craudéia Claudelita Disse:

    bela entrevista!!!!!!!!!!

  4. julie Disse:

    parabéns ao Daniel!

  5. viordiady Disse:

    Hello!
    Please, don’t hate me, I just want to earn some money :)
    Buy xanax here!

  6. tania mara bitonti Disse:

    Achei de muita sabedoria e amor, vc se mostrar a profissao, acho que tudo rege amor dedicacao e vc investiu seus dotes, parabens.
    sou culinarista a 22 anos em sao jose do rio preto-sp admiro vc tao jovem ja quase um mestrado nas artes.
    sucesso sempre.
    abracos

  7. rebeca Disse:

    qe reiceita gostosa seu filho da puta desgraçado

Deixe seu comentário